Imprimir Esta Receita

Print Friendly and PDF
Mostrar mensagens com a etiqueta Entradas. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Entradas. Mostrar todas as mensagens

Paté de Atum e Delicias de Lagosta


Ingredientes:
2 latas de atum
1 embalagem de delicias de lagosta
Pickles q.b
Salsa q.b
Maionese q.b
1 colher de chá de mostarda.

Modo de preparação:
Picar os Pickles, as delicias de lagosta e a salsa.
Desfazer o atum com um garfo.
Junte o atum, as delicias de lagosta, os pickles, a salsa e o mostarda num  triturador até obter uma substancia cremosa.
Servir com tostas.

Sopa de Tomate e Hortelã com Ovo Escalfado

Adoro esta sopa de Tomate, fica uma maravilha com o sabor picante da hortelã!

Ingredientes:
4 batatas grandes
2 cebolas grandes
3 colheres de sopa de azeite
4 ovos
Sal qb
uma pitada de pimenta
4 ramos de hortelã

Preparação:
Numa panela introduzir em camadas o azeite, a cebola descascada cortada em meias luas, a batata descascada e cortada em rodelas e o tomate lavado e cortado em rodelas; temperar com o sal e pimenta e tapar a panela com uma tampa. Levar ao fogo e deixar cozer (não necessita de água, os legumes cozem no seu próprio suco).
Quando a batata estiver cozida, passar tudo pelo passevite para retirar as grainhas e a pele do tomate. Levar novamente ao lume e adicionar um pouco de água, provar e corrigir o tempero de sal e pimenta a seu gosto. Quando estiver a borbulhar (antes de ferver) partir os ovos e cuidadosamente colocar dentro da sopa a escalfar.
Desligar o lume quando os ovos estiverem cozidos ao seu gosto, poderão ficar com a gema completamente dura ou mal passada (gosto das 2 maneiras).
Colocar um ramo de hortelã inteiro em cada prato e deite a sopa quente por cima, esta última parte é que dará um sabor inconfundível à sopa.
Poderá também servir esta sopa com crutons de pão ou tostas.

Pasteis de Bacalhau

Esta é a receita tradicionalmente Portuguesa: simples, fácil e sem ingredientes desnecessários.

Ingredientes:
3 postas grossas  bacalhau cozido
1Kg de batata cozida e passada em puré
5 ovos
1 ramo de salsa picada

Preparação:
Para desfiar o bacalhau: retirar as espinhas e peles, colocar as lascas de bacalhau dentro de um pano de cozinha e bater com o rolo da massa. 
Adicionar o bacalhau à batata, a salsa picada e os ovos, misturar. Provar para verificar o sal.
Fazer os pasteis com 2 colheres de sopa: retire uma colher de massa e passe a massa de colher em colher até ficar no formato do pastel de bacalhau.
Vai a fritar em óleo bem quente. Deixar escorrer numa travessa forrada om papel de cozinha absorvente.

>

Lambujinha em Molho de Cerveja


O pão é obrigatório na mesa, porque o molho é uma delicia! :-)
Esta receita pode também ser feita com ameijoa ou outros bivalves do género.

Ingredientes:
1Kg de Lambujinha
4 dentes de alho
2 colheres de sopa de azeite
10dl de cerveja
coentros picados a gosto
Sumo de meio limão

Preparação:
Deixar a lambujinha de molho em água e sal durante um par de horas, para limpar.
No lume, deitar o azeite numa frigideira, deixar aquecer e adicionar os dentes de alho esmagados ainda com casca. O alho ficará a aromatizar o azeite durante uns minutos e de seguida adicionar a Lambujinha (fogo médio/forte). Tapar e ir abanando para que toda a Lambujinha abra. Quando estiver toda aberta adicionar a cerveja e o sumo do limão. Deixar apurar e adicionar os coentros picados, mexer e servir logo de seguida com um bom pão para molhar no delicioso molho!
>

Bola de Linguiça




Ingredientes:
250 gr de farinha com fermento
1 c. chá de fermento em pó)
100 g de queijo ralado
4 linguiças picantes
1 cebola pequena
1 ramo de salsa
125 ml de leite
100 ml de azeite
1 c. (chá) de sal refinado
4 ovos

Preparação:

Picar a cebola e a linguiça na picadora ou manualmente. Com a ajuda da batedeira, bater os ovos, o azeite e o sal. Juntar a farinha alternada com o leite, depois  o queijo e por fim a salsa picada.
Barrar uma forma, tipo bolo inglês, e deitar o preparado.
Vai ao forno a 200º cerca de 30 a 45 minutos, até o palito sair completamente seco. Adorooooooooooo! Fica fofa e húmida, ideal para entradas ou piqueniques!
>

Copos de Camarão

Estes copos também conhecidos por Vol au Vent também podem se feitos com peixe ou miolo de berbigão, que ficam igualmente deliciosos!

Ingredientes: 
1cebola pequena
3 colheres de sopa de azeite
300 g de miolo de camarão
1 colher de sopa de farinha (bem cheia)
2,5 dl de leite
8 caixas de massa folhada (vol au vent, à venda já feitas)

coentros picados
Ketchup qb

Preparação
Ligar o forno para os 200 °C.
Levar ao lume a cebola com o azeite e quando a cebola começar a alourar juntar o miolo de camarão. Polvilhar com a farinha, misturar bem e regar com o leite. Deixe engrossar mexendo de vez em quando. Entretanto meter no forno as caixas de massa folhada para aquecerem. Retirar o creme do lume e juntar o ketchup até ter a cor desejada e os coentros picados a gosto. Distribuir pelas caixas de massa. 
Servir acompanhado por uma salada verde.





Mexilhão na Caçoila

Na realidade a caçoila servirá apenas para servir o mexilhão e dar um ar mais típico ao prato. O melhor será molhar o pão no molhinho que fica depois!

Ingredientes:
1Kg de mexilhões frescos
2 cebolas grande
6 dentes de alho
Meio pimento verde pequeno
1 ramo de salsa
4 colheres de sopa de Azeite
2 chavenas de concentrado de tomate
1 colher de chá de açucar
Sal qb
Pimenta qb
Piripiri qb

1 cerveja


Preparação:
Após a compra do mexilhão, retirar do saco e colocar em bastante água com sal (para mexilhão do mar) durante umas horas para limpar.

Passamos então à fase de limpar o mexilhão, que é o mais importante e chato da receita, ninguém gosta de comer um mexilhão cheio de barbas:
Com ajuda de uma faca, arrancar as barbas do mexilhão e raspar a concha. Passar por água corrente e reservar.

Num tacho, deitar o azeite e picar uma cebola, a outra cortar em meias luas. Faço isto para que a cebola que está picada engrosse o molho e a em meias luas para ser comida com os mexilhões. Adicionar o pimento picado, o alho picado, a salsa também picada, o sal pimenta e o piripiri a gosto. Levar ao lume até a cebola em meias luas ficar transparente, juntar a polpa de tomate e o açúcar para cortar a acidez do tomate mexer e adicionar a cerveja - deixar que o álcool evapore.
 Adicionar os mexilhões e tapar o tacho, abanar o tacho de vez em quando para que abram. Quando estiverem todos abertos, provar e rectificar os temperos, deixar cozinhar mais uns 5 minutos.
Transferir os mexilhões para as caçoilas de barro que estiveram a aquecer previamente no forno e servir com um pãozinho acabado de fazer!
Bom apetite!






Bolo Rei Salgado


Este bolo rei salgado ficou aprovadissimo!  É uma excelente ideia para ter como entrada na mesa de Natal! Recomendo J

Ingredientes:
1 pacote de farinha prepara para brioche de 500gr (ou fazer a massa de brioche)
Pasta de tomate qb
150gr de chourição fatiado
1 lata de cogumelos laminados
¼ de pimento verde
¼ de uma cebola
Azeitonas para decorar o bolo
1 linguiça para decorar o bolo
Oregãos qb
1 gema de ovo

Preparação:
Amassar a massa do brioche seguindo as instruções da embalagem e deixar levedar, eu fiz tudo na máquina de fazer pão.
Picar a cebola e o pimento em cubos muito pequenos.
Espalhar farinha na banca e estender a massa já levedada. Vamos estender a massa com a ajuda do rolo com um formato rectangular longo (± 70cm de comprimento). Com a ajuda de um pincel pincelar ligeiramente a massa com a polpa de tomate.

Dispor na massa o chourição cortado em quadrados, a cebola, o pimento e polvilhar com os oregãos.
Enrolar a massa como se tratasse de um torta, e unir as pontas. Para que seja mais fácil unir as pontas deveremos pincelar as pontas com um pincel húmido. Passar o pincel húmido por toda a superfície do bolo para retirar a farinha. Transferir para um tabuleiro e meter um copo de vidro no centro para que o buraco do bolo não fique tapado.
Decorar o bolo com as azeitonas, rodelas de linguiça e o pimento.
Deixar a levedar ± 30minutos.
Levar ao forno a 200º durante aproximadamente 45 minutos, ou ir fazendo o teste do palito para verificar a cozedura.
Perto do final da cozedura pincelar o bolo com a gema de ovo e voltar a levar ao forno.ais

Ameijoa à Bulhão Pato

Estas ameijoas são enormes, e não sei como se chamam... Na fotografia parecem normais, mas cada uma mede cerca de 10cm! e o melhor é que o interior tem muito que comer! Maravilhoso, nunca mais encontrei destas, o que é uma pena.

Ingredientes:
1 kg Amêijoas
±1dl Azeite
5 Dentes alho
Coentros
2 colheres de sopa de Vinho branco
Pimenta
1 Limão

Preparação:
Deixar as ameijoas em água e sal durante um par de horas, para que deitem fora toda a areia. Depois lavar as ameijoas e passar por água limpa.
De seguida picar os dentes de alho e levar ao lume com azeite. Quando o alho estiver bem douradinho, adicionar, as ameijoas e os talos dos coentros (as folhas serão adicionadas no final para que o seu aroma esteja bem presente no prato). Tapar o tacho e ir abanando até que as ameijoas abram todas. Temperar com pimenta adicionar o sumo de limão e o vinho branco, deixar que o álcool do vinho evapore de modo a que o molho fique apuradinho. Adicionar as folhas dos coentros cortadas e tapar o tacho durante uns minutos.
Agora está pronto para servir, apreciem que é uma delicia.

Paté Rápido de Delicias do Mar

Este paté é uma boa solução para uma entrada rápida. Costumo ralar as delicias do mar no ralador de cenoura, quando ainda estão congeladas.
Ingredientes:
12 palitos de delicias do mar
2 ovos cozidos
3 colheres de sopa de maionese
1 raminho de salsa picada


Preparação:
Picar os palitos de delicias do mar e os ovos em bocadinhos pequenos, juntar a salsa picada;
Adicionar a maionese e envolver.
Servir em tostinhas de pão torrado.



Como Cozer Camarão

Parece fácil, mas nem sempre corre bem! Com estas dicas passará a ter sempre um camarão maravilhoso cozido!

Em primeiro lugar: se queremos servir um camarão delicioso terá que ser sempre selvagem, o de aquicultura serve para enganar, mas no dia seguinte ninguém se lembrará do maravilhoso camarão cozido que comeu.

Em segundo lugar: se conseguir camarão fresco, prefira ao congelado. Eu utilizo quase sempre o congelado, infelizmente no interior de Portugal é muito difícil encontrar camarão fresco e de qualidade.. Saudades do mercado de Olhão em Maio/Junho quando encontramos o camarão lindo, em época de mudança de casca! O melhor camarão que alguma vez comi! Este basta ser cozido na água do mar e choque térmico, uma iguaria...

Preparação
Se o camarão for congelado, passar o camarão em água corrente.
Preparar num alguidar água fria com uns 2 ou 3 punhados de sal e mexer até que o sal se dissolva, adicionar cubos de gelo à água e aguardar. A água deverá ficar realmente salgada para que depois o camarão apanhe o gosto.
Levar o camarão a cozer em água com sal (não vale a pena abusar no sal, porque o sabor do sal será apanhado na água que preparámos anteriormente, e a água da cozedura depois poderá ser utilizada noutra comida, como por exemplo: arroz de marisco, creme de marisco, açorda ...) e malaguetas de piri-piri a gosto durante 1 minuto a ferver se for pequeno, o tempo depende do tamanho mas nunca deverá passar os 5 minutos, caso contrário fica seco e tipo borracha. 
Assim que a cozedura esteja feita retirar imediatamente o camarão escoado para a água gelada e salgada, deixar o camarão . Quanto mais tempo ficar, mais sal apanha. Eu vou provando até estar no ponto! O camarão terá tendência a ficar um pouco mais salgado se não for comido de imediato, pelo que recomendo que se coza pouco antes de ser servido.
Se for um camarão de qualidade, não necessita dos famosos molhos e outros tais, porque só o seu sabor dispensa outras distrações ao nosso palato!
Venha então um belo de um vinho verde bem fresquinho!

>

Moelas com Molho


As moelas são um bom petisco para ir picando, e aqui por casa preferem molhar o pão no molho que propriamente comer as moelas, tenho então que fazer sempre um molho reforçado. As moelas quase que nadam, mas é só no inicio :-)!

Ingredientes:
1 kg de moela de frango
1 folha de louro
1 lata de cerveja
200 ml de água
1 cebola grande picada
6 dentes de alho amassados
1 cubo caldo de galinha
1/2 colher (sopa) de colorau
2 colheres (sopa) de azeite
Pimenta
Salsa a gosto
Piri-piri a gosto

Preparação:
Limpar e lavar as moelas, e cortar em pedacinhos.
Numa panela de pressão aqueça refogue a cebola, o alho e o louro, acrescente as moelas, o cubo do caldo de galinha o colorau e refogue bem
Após refogar, acrescentar a água,  a cerveja, a pimenta e a malagueta.
Deixar cozinhar durante 40 minutos, retirar a tampa à panela e deixar ferver por mais 5 minutos com a panela aberta.
Salpicar com a salsa picada e servir  bem quente acompanhada de um pão para molhar naquele molhinho!

Paté de Delicias do Mar

Este paté é muito fácil de fazer e o sabor do aipo dá-lhe um paladar maravilhoso, sendo um paté completamente diferente do habitual!

Ingredientes:
2 embalagens de delicias do mar congeladas
6 colheres de sopa de maionese
1 cebola roxa pequena
2 talos de aipo sem folha

Preparação:
Ralar as delicias do mar sem descongelar (pode ser manualmente ou no robot de cozinha), tirar as folhas ao aipo e a casca à cebola e picar no robot de cozinha. 
Juntar todos os ingredientes mexer e levar ao frigorífico. Pode alterar a quantidade de maionese a gosto.
Servir em canapés ou simplesmente dentro de uma taça com tostas a acompanhar.

Camarão ao Diablo


Estes camarões/gambas deverão ser apenas servidos a apreciadores de um bom prato picante, e com um vinho verde super fresco a acompanhar!

Ingredientes:
500gr de camarão 20/30 descascados
1 cabeça de alhos descascados
Piri-piri
1 colher chá de colorau
Sal qb
10ml de wisky
2 colheres de sopa de azeite
50 gr de manteiga

Preparação:
Levar ao lume o azeite numa frigideira grande, adicionar o alho picado, assim que o sabor do alho se espalhe pelo azeite juntar as gambas e fritar. Abrir um espaço na frigideira apenas com o molho e juntar o piri-piri, o colorau e sal caso seja necessário, mexer e envolver as gambas com o molho para apanharem cor. Retirar as gambas e adicionar a manteiga, deixar derreter, quando o molho estiver bem quente deitar o wisky e deixar reduzir. Voltar a adicionar as gambas assim que o molho esteja pronto, envolver e servir com torradas ou pão fresquinho.

Sugestão: Sempre que sobrem camarões cozidos, utilize esta receita para aproveitamento!


Pasteis de Cogumelos Frescos

Pasteis de Cogumelos Frescos receita massa tenraEstes pasteis são uma delicia, utilizar sempre cogumelos frescos, e atenção os cogumelos frescos não deverão ser lavados: limpar com papel de cozinha ou um pano húmido apenas. Assim o seu sabor não se perderá!

Ingredientes:
50g de manteiga
3 dentes de alho picado ou esmagado
100g de cebola picada
300g de cogumelos frescos
200g de fiambre em cubos
1 colher de sopa de farinha
1 dl de leite
sal
pimenta branca
noz moscada
orégãos
6 quadrados de massa tenra

Preparação: 
Ligar o forno e regular para os 225ºC.
Levar a manteiga ao lume com a cebola picada e os dentes de alho numa frigideira, entretanto limpar os cogumelos e picar em pedaços.
Deitar os cogumelos na frigideira, deixar saltear até a água que largam se evaporar. Adicionar o fiambre em cubos e a farinha.
Mexer, regar com o leite e deixar engrossar um pouco.
Temperar com sal, pimenta e noz moscada e perfumar com um  pouco de orégãos.
Forrar 6 formas para queques com os quadrados da massa, rechear com o preparado de cogumelos, e unir as pontas da massa sobre o recheio.
Levar ao forno durante cerca de 20 minutos.

Folhado de Chouriça Doce de Vinhais


receita Folhado de Chouriça Doce de VinhaisEstive algum tempo à espera desta entrada, fui convidada por uma amiga para provar a famosa chouriça doce de Vinhais, mas tive de esperar até que ela conseguisse esta delicia, pois não é fácil de encontrar fora de Trás-os-Montes. Finalmente provei e aconselho esta entrada típica e fácil de confeccionar.

Ingredientes:
Chouriça Doce de Vinhais
Massa folhada
1 ramo de salsa

Preparação:
Cortar a chouriça em rodelas e a massa folhada em triângulos de ± 15cm na base. Colocar nos triângulos de massa folhada uma rodela de chouriça e um pouco de salsa picada. Enrolar a massa folhada, colocar num tabuleiro e levar ao forno até a massa folhada estar dourada.

Sugestão:
Caso não encontre a deliciosa chouriça doce de Vinhais, utilize morcela em substituição.


Pizza de Enchidos

Pizza de Enchidos piza receita
Num daqueles jantarinhos servi uma tábua de enchidos, que não foi toda consumida. Resolvi então fazer esta piza com o resto de chouriços, chouriças e paio. Ficou maravilhosa!

INGREDIENTES

Massa:

450gr farinha
300ml agua
2 colheres azeite
1 colher Sal
2 colheres açúcar
1 Carteira de Fermento

Amassar na máquina, no programa "Massa".

Para o recheio:
2 Embalagens Queijo Mozarella ou queijo a gosto
Orégãos
Pimento
Enchidos
Cogumelos
Azeitonas
Cebola…
(escolher os restantes ingredientes a gosto…)

Preparação:
Leve a massa ao forno, picada com um garfo quando estiver ±cozida retirar do forno e barrar com o molho de tomate, a seguir bastante mozarella e depois os restantes ingredientes, leve ao forno até que o queijo esteja totalmente derretido.

Ao tirar do forno polvilhar com orégãos. Servir com uma salada de folhas verdes.

Rojões à Minha Moda

receita Rojões à Minha Moda porco
Estes rojões são feitos com a tradicional carne de porco para rojões, mas cortada em pedacinhos pequenos, para que o seu sabor se "entranhe" pela totalidade da carne. É uma boa solução para uma entrada ou bufet, e se o servirmos dentro de uma tacho de barro vermelho com tampa faz um vistaço!

Ingredientes:
carne de porco
alhos
louro
salsa
azeite
1 colher de sopa de banha de porco
sal
1 cerveja
colorau
piri-piri

Preparação
Cortar a carne em pedacinhos pequenos, temperar com sal, colorau e alho picado e deixar repousar meia hora para ganhar o sabor do tempero.
Numa frigideira cobrir o fundo c/azeite e alho picado, deixar alourar o alho em lume brando e colocar a banha de porco e deixar derreter. Quando a banha estiver derretida colocar os rojões e mexer de vez em quando, sempre em lume brando até começarem a esturricar, adicionar a cerveja até tapar a carne. 
Aumentar o lume para acelerar a fervura, desligar quando começar a fritar de novo.

Bola Rápida de Bacon e Chourição


receita Bola Rápida de Bacon e ChouriçãoEsta bola é ideal para piqueniques, super fácil e rápida de fazer, o bacon e o chourição podem também ser substituidos por fiambre, queijo, chouriça... tudo depende do gosto pessoal. Fica bastante fofinha, e se a guardarmos dentro de um saco plastico conserva-se quase uma semana.


Ingredientes:

7 Ovos
3 Chávenas de farinha com fermento
1 Chávena de leite
½ Chávena de óleo e azeite (misturados)
1 Colher de chá de fermento para bolos
1 Pitada de sal
1 colher de chá de açucar

2 gemas de ovo para pincelar
100 gr de bacon em cubinhos
100 gr de chourição fatiado e cortado em 4

Preparação:

Bate-se tudo junto (a massa fica com a consistencia da massa de um bolo), depois mete-se metade da massa no tabuleiro previamente untado de manteiga e passado por farinha, colocar uma camada de bacon e chourição, por fim o resto da massa.


Pincelar com sa gemas de ovo.

Vai ao forno aquecido previamente a 200º, reduzir para 180º quando se põe a forma.

Ter cuidado está pronta em 10 minutos.

Terrina de Paté de Figado ao Porto



Esta terrina é muito prática para quando temos alguns convidados, e dá sempre um vistão! Muito boa.

Ingredientes:

Para o Paté:
200 gr. de fígado de frango 
100ml de vinho do Porto
200 gr. de manteiga
1 Ovo
Tomilho
Sal
Pimenta preta

Para o Espelho de Gelatina:
50ml de sumo de laranja
80ml de vinho do porto
7 Folhas de gelatina
1 Colher de mel


Preparação:
Limpar muito bem os fígados de frango. Levar ao lume o porto e o tomilho, até reduzir. Desligar o lume e deixar arrefecer.
Em lume brando, derreter a manteiga até ganhar um tom acastanhado.
Retirar imediatamente do lume e deixar arrefecer. Num robot de cozinha, triturar os fígados com a redução de porto, a manteiga, o ovo e os temperos.
Untar uma forma cerâmica com óleo e verter o preparado, cobrir com folha de alumínio e levar ao forno a 100ºC por 90 minutos.
Manter no frigorífico cerca de três horas.

Para o espelho:
Demolhar sete folhas de gelatina, em água fria. Levar a lume brando o sumo de laranja coado e a mesma quantidade de vinho do porto. Adicionar a gelatina escorrida e uma colher de sopa de mel. Assim que a gelatina dissolver, retirar do lume e deixar arrefecer, aplicar por cima do paté e levar ao frigorífico a solidificar. Magnifico!