v

Imprimir Esta Receita

Print Friendly and PDF

Broa de Milho

Quem não conhece o inigualável sabor da broa de milho da nossa zona? Um sabor a antigamente, esquecido durante alguns tempos, mas agora na ribalta... Existe alguma dificuldade em encontrar a farinha de milho branco, a farinha de milho amarelo não dá o mesmo sabor nem textura à broa. Caso não encontre farinha de milho branco nos sítios conhecidos, opte por comprar numa padaria.

Ingredientes:
600gr de farinha de milho
300gr de farinha de trigo tipo 65
700ml de água morna
fermento de padeiro
2 colheres de sopa de sal
1 colher de sopa de açucar

Preparação:
Num alguidar (caso não disponha da tradicional maceira em madeira) colocar as farinhas num monte, a um canto o sal e o açúcar.
Dissolver o fermento num pouco da água necessária.
Adicionar metade da água à farinha, assim como o fermento dissolvido. Começar a amassar e à medida que for necessitando de água para amassar vá colocando (pode ser necessária uma quantidade ligeiramente maior ou menor que a mencionada, dependendo da humidade e temperatura ambiente). 
A massa estará pronta quando estiver homogénea. 
Fazer uma bola com a massa e espalhar farinha por cima. No centro da massa prima com a mão uma cruz bem marcada (servirá para verificar se a massa já levedou). Segundo as tradições das padeiras da terra deveremos dizer a seguinte reza ao mesmo tempo que fazemos a cruz:
"São Vicente te acrescente, São Mamede te levede e te ponha o sobretudo que eu fiz o mais que pude, Ámen".
Deixar a massa a levedar por aproximadamente 1 hora, a massa estará levedada quando a cruz que fizemos anteriormente deixar de se notar.
Modelar as broas com a ajuda de uma tigela: espalhar um pouco de farinha na tigela, depois adicionar um pouco de massa (suficiente para uma broa), e pegando na tigela com as 2 mãos tentar que a massa vá rodando na tigela de modo a formar uma bola redondinha. 
Levar a broa ao forno (eu levei as broas ao forno num tabuleiro untado com óleo) muito quente a 250ºC e deixa-se cozer durante 30-40 minutos.